Light

To the light of day my sadness seems ridiculous, impossible,
A tale of introspective boredom.
The sun shines a bright light inside me and everything becomes white and indistinguishable.

Joy is but a star
Drowned in its own flaming crest,
A white wind spread across my window.

Without light I am shade and doubt,
I think about truth and expound it through to the gorge
Never to be seen again.

Our Sun, who art in Heaven.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s